Roteiro de 22 dias pelas cidades históricas de Minas Gerais

O tempo parece passar devagar em Minas, onde convivem as artes popular, barroca e contemporânea. Veja nas fotos acima um roteiro de 20 dias por estradas mineiras que passam por 8 cidades históricas da época do ciclo do ouro.

PROGRAME-SE

Quando ir:

Ouro Preto lota no Carnaval e em julho, no seu Festival de Inverno. Em agosto, o Festival de Cultura e Gastronomia movimenta Tiradentes – também agitada em Janeiro, durante a Mostra de Cinema.

Restaurantes imperdíveis:

  • Senhora do Rosário (Hotel Solar do Rosário), Ouro Preto
  • Pau de Angu, Tiradentes

Atrações imperdíveis:

Raio X das estradas:

Evite a BR-381 entre Belo Horizonte e o trevo para Santa Bárbara: prefira a MG-262 até Caeté, por estrada de terra.

Distâncias (em km):

Belo Horizonte
55 Brumadinho
100 144 Ouro Preto
120 172 80 Santa Bárbara
185 228 157 227 São João del Rei
Salve este mapa do Google no seu celular e leve este roteiro com você:

Neste roteiro de 20 dias, é possível sair de Belo Horizonte e conhecer 8 cidades de Minas Gerais. A trajetória tem um formato quase circular e o último destino é Brumadinho, localizada a 55 km da capital mineira. Clique na seta à direita dessa foto para ver as cidades. (Viagem e Turismo)

 

Brumadinho (2 dias)A 55 km de Belo Horizonte, em meio a um jardim incrível, a arte colonial dá lugar à arte contemporânea no Instituto Inhotim, maior museu a céu aberto desse gênero no planeta.

São João Del Rei (2 dias) Acessível via Tiradentes (de carro pela BR-040 ou de mariafumaça) ou diretamente pela BR-383, a cidade preserva belas construções no Centro Histórico e o lindo artesanato em estanho.

Santa Bárbara (2 dias)Mestre Athaíde pintou o teto da capela-mor da Matriz de Santo Antônio. Mas são as trilhas, cachoeiras e grutas do vizinho Santuário do Caraça que se assemelham a pinturas irretocáveis, atraindo ecoturistas. Quem reserva um quarto na pousada do parque tem a chance de se deparar com lobos-guarás. (Xara/Acervo MTur)

Ouro Preto (5 dias)Estacione o carro, alongue as pernas e encare quantas ladeiras puder: a antiga Vila Rica esbanja cultura com o maior conjunto arquitetônico barroco do país. Tanta história, representada por igrejas e museus, contrasta com bares cheios de universitários.

Mariana (2 dias)Vila mais antiga e primeira capital mineira, a cidade mais rica do Ciclo do Ouro exibe obras de Aleijadinho e Athaíde, concentra refinados ateliês de arte e preserva o casario colonial. Mas nenhuma viagem ao passado diverte mais que a descida, em vagonetas, aos 120 m de profundidade da Mina de Ouro da Passagem. (Sérgio Mourão/Acervo Setur MG)

Sabará (1 dia) A apenas 24 km da capital Belo Horizonte, pela BR-262, já se pode ter contato com as obras de Aleijadinho nas igrejas Matriz Nossa Senhora da Conceição e Nossa Senhora do Carmo.

Congonhas (1 dia) Os 12 profetas de pedra-sabão, obra-prima de Aleijadinho, brilham na Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos. Bastam duas horas para conhecer todo o conjunto – e sair de queixo caído. (Luigi Mamprin)

Tiradentes (4 dias)Charme em cada esquina, restaurantes estrelados, pousadas românticas: nessas ruas calçadas com pedras, o bacana é flanar sem compromisso, a pé ou de charrete, para entrar no clima do século 18. A 8 km, encante-se pelo artesanato de Bichinho. (Hemera/Divulgação)

 

 

Via: viagemeturismo

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *