Os passaportes mais poderosos do mundo em 2017 (e os mais fracos)

Todos os anos, a consultoria Henley & Partners divulga o seu Índice de Restrições de Vistos (“Visa Restrictions Index“), que lista os países cujos passaportes dão acesso a mais destinos sem necessidade do visto.

Quer Alugar um Sítio Próximo de Belo Horizonte ?

A máxima “tamanho não é documento” se ajusta com perfeição a este ranking, onde o Brasil aparece em 40º, atrás de países minúsculos, como República Checa e Malta.

Mas ainda assim é respeitável. Quem tem o passaporte brasileiro entra em 143 destinos sem necessidade de visto (ou recebe a garantia assim que desembarca no país). Saiba mais: Passo a passo para tirar o visto americano

O levantamento da Henley & Partners comparou 199 países e territórios.

No topo da lista, donos do passaporte mais forte do mundo, os viajantes alemães podem visitar a maioria dos países sem a necessidade de solicitar um visto.

Já os do Afeganistão, o país com passaporte mais fraco, não passam de 23 destinos de livre acesso.

Veja a seguir os 30 passaportes mais fortes e os 30 mais fracos.

Passaportes mais fortes Acesso livre a quantos países Passaportes mais fracos Acesso livre a quantos países
Alemanha 158 Afeganistão 23
Suécia 157 Paquistão 26
Singapura 157 Iraque 28
Dinamarca 156 Síria 29
Finlândia 156 Somália 30
França 156 Etiópia 34
Espanha 156 Sudão do Sul 34
Suíça 156 Sri Lanka 35
Noruega 156 Bangladesh 35
Reino Unido 156 Sudão 36
Estados Unidos 156 Eritreia 36
Itália 155 Irã 36
Holanda 155 Líbia 37
Bélgica 155 Nepal 37
Áustria 155 Palestina 37
Luxemburgo 155 Líbano 38
Portugal 155 Coreia do Norte 39
Japão 155 Kosovo 39
Malásia 154 República Democrática do Congo 39
Irlanda 154 Myanmar 39
Canadá 154 Djibouti 40
Nova Zelândia 154 Iêmen 40
Grécia 153 Nigéria 41
Coreia do Sul 153 Burundi 42
Austrália 153 Guinea Equatorial 43
República Checa 152 Congo 43
Islândia 152 Camarões 43
Hungria 151 Angola 43
Malta 150 República Centro-Africana 44
Polônia 150 Libéria 44

 

Via: http://exame.abril.com.br

, ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *